“…era dona de toda uma maravilhosa liberdade!”

Posted on Updated on

E era quando a dor gritava tão alto que o corpo parecia não responder mais que Bianca gritava mais alto, mais alto do que o cume da serra, mais alto do que a sua própria voz o permitia! Subir até ao ponto mais elevado consistia no maior grau de liberdade que Bianca poderia alguma vez atingir.
(…)
a mais sublime das oportunidades: poder olhar, de cima, toda a grandiosidade da serra, todos os obstáculos que ultrapassara! E como era imensa a felicidade que emergia, transbordava em si! Sentir que conseguira vencer toda aquela serra, que era capaz de tocar o céu, que era dona de toda uma maravilhosa liberdade!
(…)
lutar por aquilo que, um dia, lhe parecera absurdo. Sentia-se capaz de tudo.”
dizmeacordosteussonhos_8
Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s