Posted on Updated on

“Isso queria dizer que, no fundo, toda a gente estava isolada no mundo. (…)
Parecia que os outros não se importavam de deitar pela janela fora o que há dias atrás pareciam valorizar. Parecia tão fácil ignorar, enterrar e esquecer palavras que se disseram, gestos que se fizeram, sorrisos que se ofereceram. A seguir, dormir com a consciência tranquila e, no dia seguinte, dizer, fazer e oferecer as mesmas coisas vãs como se fossem realmente verdadeiras. A vida era mesmo assim e Bianca tinha aprendido isso da mais dura forma.” (Ana Isabel Isidoro, 2014)

11403015_502848053197628_6998369358618907938_n

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s