Aside Posted on Updated on

“Nesse momento, Bianca já nem acreditava que ela própria tivesse esse direito, tendo em conta a sua condição: já não podia ver e, por isso, já não podia sorrir nem sonhar, nem ser nem viver. Afinal, o que estava a fazer no mundo? Naquele mundo? Já não era, nem tão pouco podia dar aos outros a possibilidade de serem. (…)
Era necessário renascer das cinzas, semear novas plantas, regá-las e vê-las florescer. Bianca demorara seis anos para o fazer pois nunca se sentira preparada. Mas agora, sim, tinha a certeza de que seria capaz. Tinha aprendido de novo a sorrir e a sonhar, a ser e a viver consigo. Era de novo, seria aquela que sempre desejara ser.”
(…)
Afinal, depois de ter aprendido, podia agora ensinar os outros.” (Ana Isabel Isidoro, 2014)

Image

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s