Aside Posted on Updated on

“…não conseguia despegar os seus olhos do sorriso de Bianca, um sorriso fácil, que lhe fazia
crer que sorrir era a coisa mais fácil do mundo. (…)
…ela
sorria com todo o corpo, com o coração e com os olhos. (…)
…estes sorriam com o que viam. E era isso, isso que só ela
via que a fazia sorrir sem nenhuma razão e por todas as razões do mundo. (…)
— A melhor coisa em não ver é poder sonhar a todo o momento… Construímos o nosso próprio mundo!” (Ana Isabel Isidoro, 2014)

Image

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s