Aside Posted on Updated on

“Procurou uma flor grande, forte, já crescida. Pegou no caule de uma e
fez soltar o seu próprio dente-de-leão, libertou-o para o mundo, soprando com força e determinação
para que este voasse para longe e nunca, nunca parasse até cair delicadamente nas mãos de alguém
que o apanhasse, sonhadoramente, e pedisse um novo desejo. Sorriu para o infinito, sorriu perante o
abraço que fazia do sol e do mar um só, sorriu face à certeza, infalibilidade dos seus sonhos.” (Ana Isabel Isidoro, 2014)

Image

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s